Vitoriosos até o fim - Passando por momentos de Prova.

No post anterior, eu mencionei sobre estarmos passando por provas, bem ainda não terminou.

Meu bebê, já pegou alta, saiu do hospital no dia 16/03/2008, ele deu entrada lá no dia 23/02/2008. Está bem agora, já tiraram a tração que estava na perna dele, e colocaram o gesso. Agora imagina o sofrimento, uma meia-calça-comprida na criança, somente com um espaço aberto entre o bumbum e o órgão genital. E olha que ele passou 20 dias deitado, e ainda vai passar mais 10 dias no gesso, deitado. É que ele não pode se mexer por causa dessa calça de gesso, somente do umbigo pra cima ele se mexe.

Bem, não quero contar tristezas, quero contar vitórias. Pois, passamos muitos dias em um hospital, tendo que dormir, comer, e esperar, esperar, até o bebê pegar a alta do médico. Bem, lembram que eu falei que o médico iria se surpreender com o Nathanael? Realmente, quem na verdade ficou surpresa fui eu. Estava crente que Deus iria curar meu filho instantaneamente. Não foi dessa forma que Deus curou ele. Na verdade, Deus não queria curá-lo, mas, queria curar a mim e ao meu esposo. Muitas vezes, passamos muito tempo ocupados com muitas coisas, e esquecemos que devemos passar mais tempo com nossa família. E realmente Deus me fez passar pelo teste da paciência, não sei se fui aprovada, mas, com certeza fiz o possível para ser algo que eu não era antes, paciente.
E quando eu pedia milagre de Deus, eu recebia a resposta que eu não queria, PACIÊNCIA. E todos os dias, atribulada, cansada, estressada, eu recebia a mesma resposta: PACIÊNCIA.
Às vezes, queremos tanto que Deus atenda as nossas expectativas, que esquecemos que Deus não faz o que nós queremos, mas Ele faz o que quer e quando quiser.
Enquanto eu ficava naquele hospital, revezando com meu marido, para não ficarmos tão cansados. Sempre que eu podia, ligava o MP4 na rádio Boas Novas, e Deus sempre usava um servo seu para falar comigo, digo isso, pois eu sentia que era pra mim que ele falava. Dizia que o milagre na minha vida iria acontecer, que a situação que eu estava passando chegaria ao fim, que era pra eu ter paciência, confiar e esperar nEle, e que eu não ficasse preocupada. Sempre que ligava o rádio, eu ouvia estas palavras de incentivo, de força, de ânimo, porque Deus permite que tais coisas aconteçam para moldar o nosso caráter. Eu estava tão triste e desanimada com tantas outras coisas que aconteceram, que eu não conseguia para de me culpar. A dor da culpa, do receio era tão grande que eu ficava impaciente com meu filho, e chegava a me ajoelhar pedindo misericórdia, pois a convivência naquele hospital estava me deixando impaciente, quase sem equilíbrio. E Deus através da sua palavra, ia moldando todos os dias o meu caráter, e cada vez mais eu tinha forças para enfrentar aquela situação até que meu filho pegasse a alta. Tantas foram as minhas expectativas, os meus anseios, que até frustavam a minha fé, fazendo com que eu ficasse triste a cada dia que passava. E quanto mais triste e fraca eu me sentia, mas fortalecida Deus me fazia ficar.

Durante 20 dias, eu fiquei passando pelo deserto, navegando no oceano profundo dos meus conflitos interiores, e dos meus anseios para com Deus. E a resposta dEle, era sempre a mesma: PACIÊNCIA. Lembrando que a paciência é um dos frutos do Espírito Santo. Daí, sempre ministrada em meu coração, a Palavra do Senhor, confrontava o meu interior. E em um desses dias ouvindo a rádio, um pregador estava falando sobre os Milagres de Deus. Foi algo tão impactante para mim, que até anotei uma parte que faço questão de colocar aqui.
"Milagre não acontece de acordo com as minhas expectativas. Deus não obedece a pré-muniçoes humanas. Milagre na Bíblia, chama-se MARAVILHA, porque Deus deixa todos MARAVILHADOS."
Um exemplo foi Naamã, que achou-se orgulhoso em um momento em que Deus queria curá-lo, e onde o homem de Deus pediu apenas uma coisa, vá e lava-se no rio Jordão, mergulhe 7 vezes e você ficará curado.
Ouvindo aquilo, resolveu esnobar o pedido, e foi preciso que o seu servo o fizesse lembrar, de que se o homem de Deus tivesse feito um pedido díficil, se ele não faria?
Então, Naamã, deixou o orgulho de lado, e foi ao rio se lavar, e não é que ficou curado.

Essa ministração me deu forças pra continuar suportando naquele hospital. Imagine, fica em um local onde as condições de conforto se reduzem a 90%, e os outros 10% ficam em casa.
Pensava logo em ir pra casa, sair dali com o meu filhinho curado. Mas, não era assim que Deus queria falar comigo. E uma coisa eu aprendi muito nestes 20 dias que ficamos ali.
"A prova gera a paciência, e a paciência gera cura."
Se acaso você está passando por alguma dificuldade, por algum problema que lhe atormenta, e muitas vezes, até sem solução, eu quero dizer algo para você.
PACIÊNCIA. PACIÊNCIA. Espere em Deus e o mais Ele fará.
Mesmo que tudo pareça contrário, mesmo que todos estejam contra você, mesmo que nada esteja acontecendo, creia, o Senhor, fará acontecer MILAGRES, que deixarão você MARAVILHADO, e todos verão que há um Deus em sua vida.
Esse é o meu testemunho para você. E assim como serviu para mim, sirva para você e toda a sua família.
TODA HONRA E TODA GLÓRIA AO REI DOS REIS E SENHOR DOS SENHORES. YESHUAH HAMASHIAH, QUE MORREU, MAS RESSUSCITOU AO TERCEIRO DIA, POR AMOR A MIM E A VOCÊ.
Graça e paz.
Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sugestão de Nomes para Células de Crianças, Pequenos Grupos, Rede Infantil, Cultos.

Monte sua história bíblica, lembrancinhas, diversos, utilizando materiais recicláveis.

Personagens bíblicos para histórias em E.V.A.