14/08/2008

Como fazer amigos? Você tem a receita?


Existe receita secreta para se fazer amigos? Será que amigos de verdade nós encontramos em qualquer lugar? Ou talvez, amigos não encontramos assim, mas, nós conquistamos?
Na verdade eu só entrei com este assunto pra falar da amizade, mas eu falo da amizade verdadeira. Daquela amizade que se conquista todos os dias, a cada segundo, a cada momento, em cada gesto, em cada atitute, e em cada palavra.
Eu não lembro de ter feito amigos que tivessem interesse pessoal. Eu lembro de amigos, que me fizeram rir, chorar, correr, cantar, dançar. Amigos, que sempre estiveram comigo, mesmo eu não precisando deles. Mas, isso foi no passado. Hoje, sou mãe, esposa, e não tenho muitos amigos como tinha antes, meus amigos hoje, são minha família, meus pais, meus irmãos e irmãs, minha avó, meus tios e tias, minhas primas e primos, minha sogra e sogro, meus cunhados e cunhadas. E algumas pessoas que conheci no decorrer da minha vida.
Mas, a amizade não é feita com qualquer pessoa, hoje em dia temos medo de compartilhar com outros por causa da fofoca, das intrigas, da inveja, e de muitas outras coisas, que nós seres humanos somos passíveis de errar. Infelizmente, não se encontra mais amor, não se tem mais afinidades.


Hoje, os jovens já não conversam com seus pais, sobre suas frustações, suas dúvidas, seus desencantos, não falam mais sobre o seu futuro, sobre seus sonhos e planos. É muito triste saber, que um(a) jovem prefere conversar e contar todos os seus segredos para aquele(a) amigo(a) da escola, ou aquele(a) vizinho(a), que com certeza para eles, devem ajudar em alguma coisa, algo que eu não acredito, sinceramente.


Eu sempre converso com meus filhos, e olha que tenho 04 meninos em fase de crescimento. Imaginem como é ter que cuidar de cada um e também explicar para eles os lances da vida.

Sempre falo para eles que os melhores amigos que eles podem ter são os seus pais, pois se algo chegar a acontecer, não será para outro lugar ou pessoa que eles terão de recorrer. E digo mais, jamais contem nada da vida de vocês para estranhos ou até mesmo conhecidos, eles não entendem da maneira que nós pais entendemos. Eu pelo menos procuro ser uma mãe sem preconceitos (não falo questão de aceitar homosexualidade), digo preconceito com o fato de explicar para eles como será a transformação de seus corpos, o interesse deles por meninas, o fato de querem ter amigos, a questão escolar, a opção religiosa, o procurar entender que amor e paixão são totalmente diferentes, eu gosto de explicar para eles que o fato de sentirem sensações, não é pecado, acontece, pecado é não saber controlar seus impulsos e praticar erradamente, o que a Bíblia diz ser contrária. Eu converso muito com eles sobre muitas coisas. Eu sou a melhor amiga deles. Depois, de Deus, sempre serei a melhor amiga. Não discrimino os outros jovens pelo que acontece com eles, penso eu ser falta de orientação de muitos pais não saberem identificar o que acontece com seus filhos dentro e fora de casa.

Como fazer amigos? Você não faz, você conquista! Eu conquistei muitos amigos, mas, se eu não conquistar os meus melhores amigos em casa, não adianta nada!


Graça e paz para todos! Shalom Adonai!


Share:
Postar um comentário