07/08/2008

Minha motivação

Às vezes, fico imaginando o que leva o ser humano a motivar-se todos os dias. O interessante, é que existem vários tipos de motivações, mas somente uma delas, com certeza, é a que nos leva a verdadeira felicidade.
Quando recebi em meu coração a Jesus Cristo, e o reconheci como Salvador da minha vida, não tinha a mínima idéia do que realmente eu iria passar após essa escolha.
Com sete anos de idade minha amiguinha e vizinha me levou a uma Igreja no bairro onde morávamos, era a Assembléia de Deus. A príncipio eu já frequentava sem faltar, às reuniões que faziam para as crianças em uma casinha, na baixa da égua, era como chamavam uma das ruas naquele lugar. Tinham vários tios e tias, e uma delas foi a que mais gostei, tia Isabel, lembro até hoje dela. Bem com o passar dos anos, fui me apegando mais a vontade de estar na igreja, de brincar e conhecer mais sobre outras coisas que eu não conhecia, como por exemplo, saber quem era Jesus. Aprendi quase tudo, a cantar, a orar, a ouvir, a entender, e principalmente a ter carinho pelos outros. Lembro da música, do Zaqueu, naquela época era algo sem significado definido, porque quem é que cantaria uma música de um homem que apenas subiu numa árvore e viu Jesus passar. Bem, antes eu não entendia agora entendo. Foi assim que aconteceu comigo, eu não tinha rumo, criança sem direção e procurando subir mais alto, conheci alguém que ia mudar pra sempre a minha vida, Jesus.


Mas, continuemos quanto a motivação. Eu gostava muito de estar na Igreja, gostava das histórias, e a minha motivação quando criança era de estar ali sempre, pois davam lanche para as crianças, tratavam a gente bem. Daí eu fui crescendo, e as minhas motivações foram aumentando, aumentando. Com 10 anos eu já fazia parte de um departamento de adolescentes, porque eu era muito alta pra ficar com as outras crianças. E então, conheci mais profundo a música, o cântico, ainda não tinha conhecido o louvor e adoração. Comecei a motivar-me a cantar melhor, a procurar melhorar a voz, pra quando o grupo de louvor precisasse de uma solista, lá estaria eu. E o mais interessante é que isso me trouxe muitos problemas, quanto as outras meninas, que achavam que eu só queria me aparecer, e quanto mais o tempo passava, minhas motivações, diminuiam, diminuiam. Até que irritada por algumas coisas pessoais minhas, sai dos caminhos do Senhor. Mergulhei em um abismo profundo de desilusões, frustações e tristezas. Não era feliz sempre, somente em momentos que eu achava que devia ser. Daí eu lembrava que eu já havia cantado pra Deus, e que esse dom que ele me deu, não iria se apagar tão fácil assim. Então pra não ficar me sentindo inútil, fiz muitas decisões erradas, comecei a praticar coisas erradas, a procurar caminhos errados. Não, eu não entrei para o mundo do crime e nem das drogas, graças a Deus. Mas, toda adolescente que se conhece bem, sabe que no mundo a prostituição, a fornicação são constantes, e perigosas, no mundo antigo e no atual.

Daí comecei a perceber que as coisas que fazia, dançar, cantar para o mundo, sem sentido, não era pra mim. E depois de conhecer meu esposo, ter meus filhos, percebi que a única pessoa que poderia me dar alegria verdadeira, satisfação, e que me motivaria, seria Jesus. Daí, voltei para os braços do pai. E até agora... minha motivação é servir a Ele, é estar com ele, é falar com ele, é contar tudo pra ele, é louvar a Ele com todo o meu coração, com toda a minha, alma, com todas as minhas forças, com todo o meu espírito. MINHA MOTIVAÇÃO AGORA, E SEMPRE, É AGRADAR O CORAÇÃO DE DEUS, POIS SEM ELE NADA SOU, SEM ELE NADA SEREI!

Talvez, a sua motivação hoje, seja apenas ser um obreiro, seja comprar aquele carro tão sonhado, a casa tão esperada, ou encontrar o emprego tão necessário. Você não tem porque deixar de sonhar. Mas, pense, todas essas coisas, se forem motivadas sempre, sem orientação, sem determinação, do nosso Criador, não tem sentido, é o mesmo que ganhar presente todos os anos, pois você sabe que vai ganhar. Mas, apresentar-se a Ele, dizendo que a motivação do seu coração é seguir a Ele, é servi-lo, é amá-lo, é louvá-lo, bendizê-lo, etc. Essas motivações serão mais animadores, e mais concretas, porque você vai ter a certeza de que a felicidade será eterna!

Pense nisso! O que tem te motivado a viver? O que tem te motivado a fazer algo de bom?

Eu sei a minha motivação: é Viver para Cristo, e morrer para o mundo!!!

Graça e paz!

Share:
Postar um comentário