04/11/2008

O Dever de Fazer o Bem


Finalmente, que todos vocês tenham o mesmo modo de pensar e de sentir. Amem uns aos outros e sejam educados e humildes uns com os outros. Não paguem mal com mal, nem ofensa com ofensa. Pelo contrário, paguem a ofensa com uma benção porque, quando Deus os chamou, ele prometeu dar uma benção a vocês. Como dizem as Escrituras Sagradas: "Quem quiser gozar a vida e ter dias felizes não fale coisas más e não conte mentiras. Afaste-se do mal e faça o bem; procure a paz e faça tudo para alcançá-la. Pois o Senhor olha com atenção as pessoas honestas e ouve os seus pedidos, porém é contra os que fazem o mal" (1 Pedro 3.8-12 NVLHJ*)

Estava eu pela madrugada fazendo uma capa para o meu blog, e depois de terminado eu abri minha Bíblia, pois há uns dias eu não estava conseguindo parar para lê-la, devido ao canso físico que tomou conta de mim nos últimos dias. E após abri-la eu me deparei com estes versículos bastante interessante e principalmente motivadores.
E fiquei analisando que as escrituras nos ensinam tantas coisas importantes, as quais nunca damos valor ou se quer abrimos os nosso corações para ouvir e crer nelas.

Pensei bastante neste texto, e realmente, fazer o bem nunca é demais. E como os versículos falam, nós temos o DEVER de fazer o bem. Nossa, como isso pesou na minha cabeça a noite toda. Muitas das vezes somos mal-educados, sem humildade e ainda por cima soberbos, e não amamos ao nosso próximo, mesmo que esse próximo seja um marginal, entre outras coisas que muitos de nós não suportamos. Não somos humildes, no termo de caráter, não conseguimos ter um relacionamento social saudável, porque não sabemos fazer o bem a quem quer que seja.

Fazer o bem não é encher os bolsos das instituições beneficentes para ajudar os mais necessitados, fazer o bem não é entregar aquela cesta básica anual para os menos favorecidos, achando que fazendo isso irão ganhar algo em troca, fazendo isso por interesse próprio, e não por amor as vidas, por amor ao ser humano. Tem gente que acha que fazer o bem é só isso, infelizmente.
Muitas vezes usamos a nossa boca para amaldiçoar, desejamos nos nossos corações o mal das pessoas, e nunca o sucesso delas. Ás vezes nos tornamos inúteis até pra nós mesmos, e por isso tentamos preencher essa inutilidade com o falso sentimentalismo, tentando ajudar os outros.
Será que estamos fazendo o correto? Será que realmente só devemos fazer aquilo que está a nossa frente para fazer?
O mundo em si hoje em dia, vive de mentiras, e fala coisas más. As crianças falam coisas más, os jovens falam coisas más, e por aí colocam-se no ranking social de incapacidade sentimental e amorosa.
Um mundo onde a mentira para alguns é a solução de problemas familiares e mentem uns aos outros por coisas fúteis, e muitas destas coisas temos visto nos dias de hoje.
Fazer o bem é necessário, é útil e faz bem para o coração!!!
Share:
Postar um comentário