Plantamos e depois colhemos

Errar é humano, já diz um ditado que eu odeio. Errar é normal, disso eu tenho certeza. Todo mundo erra na vida, já me disseram isso. Devemos corrigir os nossos erros observando o erro dos outros, não concordo em nada com isso. Aliás, não me admira muito que essas coisas sejam repetidas vezes faladas no meio do convívio humano. Mas, realmente estamos certos disso. Aprendi que estamos num mundo onde tudo o que plantamos, nós colhemos. Não somente na lavoura, e nos demais trabalhinhos da vida cotidiana, mas nas nossas atitudes e devaneios. Ensinaram-me que se eu plantar coisas boas colherei coisas boas, e se eu plantar maldade, colherei maldade.

Recentemente, tive uma experiência bombástica com uma pessoa de extrema importância pra mim. Discutimos feio, sai ferida e machucada com as palavras que saíram da boca dessa pessoa. Ainda continuo machucada, mas enfim, consciente. Essa pessoa tão importante pra mim, falou-me coisas que eu achava que estava fazendo certo, pensava que o que estava acontecendo era normal. Então, depois da conversa marcante que tivemos, fiquei pensativa e analisei se realmente valeria a pena brigar por algo sem sentido algum pra mim. Apesar de tudo o que foi falado ter uns 90% de verdade.

Então percebi que estava colhendo o que plantei: os frutos das atitudes erradas, das decisões precipitadas que levaram essa pessoa a se afastar de mim completamente. Lembrei que há uns anos atrás eu havia feito a mesma coisa com alguém, dentre muitas outras coisas também.

Embora tudo pareça estranho a meu ver, as coisas não são da maneira que achamos que será. Precisamos tomar decisões que nos ajudarão futuramente a equilibrar nossas vidas, decisões essas, que não modificarão a estrutura do nosso cotidiano sentimental, social e profissional. Devemos ter atitudes corretas, fazer as coisas darem certo, e pararmos de culpar-nos uns aos outros por causa dos nossos erros. Eu estou colhendo o que plantei, não quer dizer que eu tenha sido uma pessoa má, nada disso. Mas, algumas atitudes erradas e decisões incertas, fizeram com que hoje, eu tenha que colher tudo aquilo que plantei no passado. E para que eu não sofra tanto assim, devo colaborar comigo mesma para que não tenha tanto sofrimento e dor de cabeça, e saiba resolver as coisas na hora certa, do jeito certo. Erramos sim, quando não vigiamos, quando não nos policiamos sobre certos comportamentos, atitudes e sentimentos.

É, errar não é só humano, mas é conseqüência de atos e palavras. Tudo aquilo que o homem plantar, ele colherá.

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sugestão de Nomes para Células de Crianças, Pequenos Grupos, Rede Infantil, Cultos.

Monte sua história bíblica, lembrancinhas, diversos, utilizando materiais recicláveis.

Personagens bíblicos para histórias em E.V.A.