31/12/2008

A simplicidade e a arrogância.

O que difere no comportamento humano, não é aquilo que ele demonstra em suas andanças da vida, mas é aquilo que ele transmite para as pessoas ao seu redor como ser humano. De nada adianta plantarmos coisas boas em meio as coisas ruins, é o famoso, joio no meio do trigo. E pensando no que tem acontecido ultimamente, muitos confundem simplicidade com pobreza, e arrogância com ignorância, o que na verdade não tem sentido algum.
Aprendi a ser eu mesma na simplicidade das coisas que Deus tem dado a mim, aprendi a ser tolerante com pessoas que são arrogantes, aprendi a compreender a simplicidade das pessoas, aprendi a reconhecer que todos somos falhos, e sempre temos um defeito de fabricação. Aprendi com os erros dos outros, para não errar e aprender com os meus. Aprendi, que as pessoas nunca são aquilo que eu pensava que elas eram. Aprendi que a dor de alguém, não é diferente da minha, e que ambos podemos confortar uns aos outros.
Costumo falar aqui que o mundo (pessoas) atual, já não é tão tolerante, já não tem amor, muitos vivem a sua vida cada um do jeito que podem ou do jeito que acham que devem viver.
Alguns simples e nem um pouco intelectuais tenta sobreviver num mundo desigual, onde a igualdade entre os homens é pregada aos quatro cantos da cidade, dos morros, dos bairros, dos países, mas, na realidade não se vive aquilo que pregam. Pessoas arrogantes, donas de si mesmas, preenchem seu ego vangloriando-se em reconhecimento humano, por alguma coisa "boa" que eles acham que fizeram. E esquecem que além da arrogância, existe a simplicidade, no caráter, na mente e no corpo.
Ser simples, não é ser pobre, mas é ser amável, agradável, cativante, preocupado com o próximo. Porém, somos tão arrogantes que esquecemos destas coisas tão simples, que muitas vezes parece ser tão difícil de ser interpretada.
Já dizia o apóstolo Paulo: Quando eu era criança, pensava como criança, mas agora que sou adulto, tenho que pensar como um adulto, e eu faço das palavras dele,as minhas, e devo ser responsável por tudo aquilo que eu faço e agir da melhor forma possível.
Sei que nem todo mundo pensa igual a mim, mas, da maneira que penso procuro fazer aquilo que falo para depois não ser pega como arrogante, e ser o mais simples possível que eu puder.
Minha vida era moldada a ser por mim mesma, agora estou moldada para ser por todos!
Share:
Postar um comentário