10/02/2009

Como elaborar um Curriculum Vitae, sem perder a autenticidade

Há oito anos trabalhamos com prestação de serviços administrativos em uma pequena loja que temos aqui em Manaus. também oferecemos outros serviços administrativos como cópias de documentos, plastificação, encadernação, venda de material escolar e expediente, acesso a internet, dentre outros. E a segunda referência mais buscada pelos nossos clientes é a elaboração de Curriculum Vitae. Muitos nos procuram para elaborar o seu CV, temos vários modelos alguns até estão desatualizados, mas as pessoas que nos procuram sempre preferem estes por acharem que irão chamar a atenção onde estes forem entregues.

E sempre oriento meu esposo, que trabalha lá para explicar para as pessoas, ou até mesmo deixar exposto como é que deve ser um CV. E como ele sempre me diz, nem todo mundo está preocupado com isso.

E foi pensando nisso que elaborei um método para conscientizar as pessoas que estão a procura de um emprego na hora de elaborar seu curriculum.

Hoje em dia a maioria das empresas, inclusive a minha, dá preferência para os mais experientes que já tem uma formação mais elevada ou que tenha obtido prática nos serviços anteriores.

E o que vejo é que muita gente que está acabando de sair do Ensino Médio, estão a procura de emprego e muitas vezes não procuram informar-se sobre a elaboração do seu primeiro CV. Isso é comum na nossa loja de serviços, na hora de elaborar o curriculum a pessoa pega a pasta de visuais onde estão os modelos e escolhe o que lhe agrada, e pede que a pessoa que está atendendo faça do jeito que está ali.

Mas, no ato do preenchimento faltam coisas a acrescentar da pessoa que pediu o modelo. Por exemplo: Experiência, Cursos, Formação Escolar, e etc.

Não chega a completar o curriculum e ele fica um tanto vago, e com certeza na hora da escolha pelo empregador ele não irá nem olhar porque não tem aquilo que ele procura: a tal experiência ou conhecimento do serviço. Digo isso, porque eu também observo e quando não tem o que eu procuro, eu simplesmente, jogo fora. Pode até parecer grosseria da minha parte fazer isso, mas é o que tenho que fazer, pois não posso simplesmente acumular toneladas de papéis em minha mesa.
Então vão aqui algumas dicas na hora de elaborar seu 1º Curriculum ou seu 2º e por daí em diante.
PRIMEIRO EMPREGO: Para quem não tem experiência e cursos.

1. Atualize-se, faça cursos ou procure algo de útil para fazer:

Em primeiro lugar, antes de sair a caça de um emprego,procure fazer cursos no período em que estiver estudando, atualize-se ou faça estágios. Além de ser bom para seu curriculum escola, também pode te ajudar num futuro emprego. Comecei a fazer cursos, quando eu tinha 14 anos e não parei de me atualizar e sempre que posso estou fazendo. E quando não dá pra fazer os cursos pagos, eu faço os gratuitos. Um site legal é o do SEBRAE que promove 04 cursos on line e gratuitos que duram um mês e você aprende muita coisa, pois o curso é em flash e você faz no tempo que precisar durante esse período de um mês. Eu fiz três destes cursos e pra mim foi muito bom e me ajudou bastante aqui na empresa, e ainda recebi 02 (dois) dos 03(três) certificados dos cursos que fiz, por correio em casa.

Os cursos on line também são de qualidade e não atrapalham e nada o aprendizado. Outro site que oferece vários cursos de qualidade, alguns deles gratuitos é o IPED, para quem não conhece seria bom conhecer, pois eu também fiz um curso de html grátis lá e um de pré-vestibular que ajudou mais ainda no meu curriculum.

É comum ver jovens atacados no ORKUT, mandando scraps e colocando fotos e no tempo que perdem fazendo isso, poderiam estar fazendo um curso on line, já que não é possível sair de casa ou não ter dinheiro para passagem, ou até mesmo você não tem disposição para sair do seu bairro e ir para outro só para fazer um curso. Perdem tempo e principalmente dinheiro. Tudo bem que uma vez ou outra, mas deixar as coisas importantes por último, aí já é ignorância.

Então siga a dica antes de pensar em trabalhar, hoje em dia só não trabalha quem não quer, só não se capacita quem não quer. Um exemplo quase recente foi o rapaz morador de rua que passou no concurso do Banco do Brasil. Ele foi muito inteligente e fez a parte dele, correu atrás do impossível para alguns. E você, vai ficar aí olhando pra mim?

2. Não faça do seu curriculum um carnaval:

Tem tanta gente que enfeita tanto o curriculum que parece até que ele vai desfilar num grupo carnavalesco, de tão colorido (rsrsrs). Isso estraga o visual do CV e ainda aborrece quem está selecionando. Letras em Arial, Times New Romam e Verdana são as ideais. Coloque apenas uma cor, e para ressaltar o que é importante ser lido, coloque em negrito.

3. Não entregue de bandeja sua identidade:

Muitos colocam no curriculum a parentela completa, até seus documentos pessoais. O que é necessário nos dados pessoais, são apenas o nome, nacionalidade, idade, endereço e telefone para contato, as outras informações como data de nascimento, nome de pai e mãe, número dos seus documentos e foto, poderão apenas ser apresentados caso seja solicitado pelo empregador que irá receber seu curriculum.

4. Coloque os dados essenciais:

Se não tive experiência não coloque, se tiver alguma experiência, coloque aqueles que são mais recentes e onde você ficou mais tempo. E ser for primeiro emprego, coloque seus objetivos, como por exemplo, adquirir experiência na área em que vier atuar, alcançar conhecimento no setor que pretende fazer parte, e etc. Não vire um "puxa saco"!

5. Não assine e nem date seu Curriculum: Muita gente tem esse hábito de assinar e data o CV, algo que não é correto e também é até anti-estético. Mesmo porque se você chegar a precisar do Curriculum novamente, como vai fazer pra tirar a data? E você responde, borrando com corretivo! Ô coisa, feia! Não é necessário assinar, porque você não estará entregando um documento importante, como um relatório,carta ou memorando que deve sim, ser assinado.

Por fim, não deixe que esses pequenos contratempos atrapalhem você na hora de arrumar um emprego. E sinceramente, tomara que um dia não chegue a minha mesa, e se chegar, espero que seja um Curriculum decente e bem elaborado.

Um grande abraço e por hoje é só. Em breve voltarei com mais dicas e sugestões.

Ligiane F. Bastos Barbosa é Gerente Financeira na Trans-Infor Transportes e Despachos de Cargas, e também é sócia do Cyber Infor Serviços de Informática. Este ano, estará cursando Engenharia Tecnológica na Fucapi.

Share:
Postar um comentário