29/10/2009

Uns tantos sonhos...

Estava eu visitando o blog da Ana Paula Valadão Bessa, li todas as notícias e as mensagens de Deus determinadas ali. Eu me deparei com as noticiais sobre Israel e Jerusalém, sobre a viagem aos EUA, dentre outras coisas maravilhosas, que só Deus pode realizar.

Então, após tudo isso fiquei imaginando uns tantos sonhos que tenho e que almejo do fundo do meu coração realizar. Sonhos estes que apesar de todas as dificuldades e problemas que tenho enfrentado tanto financeiro, pessoal e ministerial, ainda pulsam forte no meu peito e ardem no calor das minhas esperanças, de que um dia irei realizá-los. E um destes tantos sonhos, é ir a Jerusalém, a terra santa, poder visitar os locais por onde Jesus passou visitar Belém, Nazaré, ah, como eu gostaria de poder ver os muros de Jerusalém, poder tocá-los. Tantos e outros lugares, que gostaria de conhecer, e registrar tudo.

Sonho que ainda irei realizar! Poder participar das comemorações em Israel, e dentre outras festividades. Poder conhecer um pouco mais da cultura, dos costumes, algo que eu como cristã, só posso saber lendo a Bíblia ou pela internet consultando sites e mais sites.

Ainda, tem o sonho de poder ir aos Estados Unidos, Califórnia necessariamente. Ah, por quê? Um lugar como a Califórnia é sonho!!! Pretendo fazer uma viagem de intercâmbio para exercitar e melhor o inglês, porque estou enferrujada e preciso melhorar a pronúncia.

Lembrei-me de uma música do Sérgio Lopes que fala exatamente sobre o que estou sentindo agora.

O amigo

Sérgio Lopes

Composição: Sérgio Lopes


 

O amigo que eu encontrei me surpreendeu
Quando todos me deixaram Ele me acolheu
E sarou minhas feridas, das algemas me livrou
Lhe falei do meu dilema e Ele me escutou

Lhe falei do meu passado e me perdoou
Isso teve um alto preço que Ele já pagou
Me mostrou as mãos feridas por amor de muitas vidas
E uma dessas muitas vidas era eu


 

Quem nesse mundo amor tão grande pode ter
De entregar a própria vida sem temer?
Quem já sentiu a dor de ser cravado em uma cruz
Pagando pelos erros que não cometeu?

E olhar nos olhos de quem tanto mal lhe fez
E sem ressentimento oferecer perdão

Quem pode ser melhor amigo que O Senhor
Que pelo servo a própria vida renunciou?
Quem pode ser melhor amigo que O Senhor
Que pelo servo a própria vida renunciou?


 

É quem pode ser melhor amigo que o Senhor!?

Share:
Postar um comentário