Alfabetização digital: ninguém escapa disso

por: Bettina Monteiro

Sabe aquela única televisão protegida no meio da praça da cidadezinha do sertão? Ainda será substituída por um computador. Pesquisa da Fundação Telefônica mostrou que 45% das crianças, entre 6 e 9 anos, e 37%, entre 10 e 18 anos, se divertem mais com computador. O computador, de preferência conectado rede, para elas é mais lúdico do que a TV, o celular e até o videogame.
E o que isso mostra? Que devemos urgentemente explorar o computador para o “bem” – aproveitar a pré-disposição delas para otimizar a aprendizagem. Ou seja, temos de repensar o ensino – escola e pais. Temos de usar o computador com eles e para eles.

Foto de Marcos Ribolli

O problema é que, muitos de nós, adultos, ainda somos analfabetos neste meio em que crianças de 6 anos têm e-mail, usam o orkut, jogam no celular, baixam músicas. Twitter o quê? Precisamos nos apropriar deste mundo digital, aprender com eles para melhor ensiná-los. Não acha?
Separei algumas reportagens do portal que falam sobre o tema. Recomendo a leitura:
  • Para ser incluído na Sociedade da Informação, é preciso falar a língua da tecnologia
  • Uma seleção de ferramentas tecnológicas que deixam a aprendizagem com cara de brincadeira
  • Pesquisa mostra que as crianas e os jovens brasileiros usam internet, celular, videogame e TV mais para brincar do que para estudar
  • Luciana Maria Allan, diretora do Instituto Crescer Para a Cidadania, escreve sobre o comportamento dos Jovens na internet
  • Especialistas alertam: adquirir equipamentos de ponta é  mais fácil do que se apropriar das novas possibilidades de construção do conhecimento
  • A informática faz parte do cotidiano das crianças e dos adolescentes e o governo promete torná-la universal nas escolas públicas até 2010


Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sugestão de Nomes para Células de Crianças, Pequenos Grupos, Rede Infantil, Cultos.

Monte sua história bíblica, lembrancinhas, diversos, utilizando materiais recicláveis.

Personagens bíblicos para histórias em E.V.A.