Compreendendo o desenvolvimento das Crianças

INTRODUÇÃO:

Amados, antes de tentarmos compreender a criança que estará diante de nós a cada Domingo, é conveniente fazermos uma reflexão sobre o nosso papel de obreiros do Senhor, trabalhando em sua seara. Devemos lembrar que temos em nossas mãos a responsabilidade de apresentar o nosso Deus vivo à estes pequeninos seres que, fisicamente, psicologicamente e espiritualmente são tão carentes d’Ele e não sabem. Mostrar estes aspectos ainda que rapidamente, é o que nos propomos neste trabalho.


 I – A CRIANÇA FISICAMENTE:

1 – BERÇÁRIO: ( zero à 3 anos ) 
Ao nascer a criança já pode fazer vários movimentos e enfrenta a 3 grandes trabalhos:
- Enfocar os olhos
- Aprender a andar
- Aprender a falar

 Pode parecer que não há trabalho para o obreiro do Senhor nesta fase, mas eu afirmo: existe sim!
● Primeiro passo é procurar conhecê-los melhor e a seus pais também!
● As crianças do Rol de Berço crescem rapidamente.
● Seus músculos exigem ação e por isso são turbulentos.
 
● Elas falam pouco, mas, entendem quase tudo.
● Tenha paciência e calma.
● Use brinquedos fortes, grandes e leves.
● Dê-lhes atenção e não fique zangada.
● Cante corinhos com gestos e providencie para que a sua sala seja a mais confortável possível.

2 – JARDIM DE INFÂNCIA: ( 04 à 06 anos )
● Crescem rápido, tem maior controle motor. 
● São ativas e cansam-se facilmente.
● Não conte histórias demoradas, não use palavras difíceis e não faça perguntas que exijam que ela se lembre.
● Alterne atividades calmas com atividades de movimento procure ter uma sala equipamento adequado e material apropriado para trabalhinhos.
● Tenha farmacinha de emergência.

3 – PRIMÁRIOS: ( 07 à 09 anos )
● Têm responsabilidade vibrante e curiosa.
● Cada idade desta faixa etária têm suas próprias características mas apesar de não serem iguais, há traços comuns entre elas.
 
● Nesta idade descobrem a escola secular os seus encantos e por saberem fazer comparações a Rede de Crianças pode ficar em segundo plano se o professor da mesma não levar a sério o seu trabalho, não dê tempo a eles de ficarem sem nada para ver, ouvir ou participar.
● Use amplamente recursos visuais.

4 – JUNIORES: (10 à 12 anos )
● Trabalhar com essa faixa etária não é fácil.
● Mas é muito gratificante.
● Os juniores não são mais crianças mas não podem ser considerado jovens.
● Sentem necessidade de serem liderados por alguém que os compreenda e os ajude a conhecerem a si mesmos.
● O professo de juniores deve ter um programa ativo.
● Evite fique sentados por muito tempo na mesma posição, evite louvores que pareçam infantis, crie suspense ao arrumar seu material para a aula e dê trabalhos atrativos e úteis para eles fazerem.
● Evite classe mista, se possível.

5 – ADOLESCENTES: ( 13 à 16 anos ) 
● Procure conhecê-los dentro e fora da Rede de Crianças. 
● Tente identificar-se com eles.
 
● São desajeitados e muito críticos.
● Na tentativa de se adaptarem aos dois mundos existentes ( o seu, interior, e o outro, exterior ) entram em conflitos .
● Apesar de seu desenvolvimento rápido, podem estar bem dispostos num dia e no outro não querem fazer absolutamente nada.
● Varie seus métodos de ensino e faça com que eles participem ativamente da aula. Nunca dê-lhes atividades sem explicar-lhes o seu objetivo.
● Evite classes mistas ( as moças desenvolvem-se mais cedo que os rapazes ).

 II – A CRIANÇA PSICOLOGICAMENTE:

1 – BERÇÁRIO: ( zero à 3 anos )
● São sensíveis, precisam de atenção, sendo ou muito boas ou rebeldes demais.
● Evite incidentes que possam ficar gravados em sua memória.
● Não deixe que ela se sinta coagida.
 
● Dê-lhe segurança e amor.
● Procure não faltar.
 
● Não gostam de serem mandadas mas fazem coisas que você sugerir.

2 – JARDIM DA INFÂNCIA: ( 04 à 06 anos )
● Gostam de brincar em conjunto mas têm tendência a destruir coisas.
● São egoístas, desejam aprovação dos outros e dos adultos.
 
● Não grite com elas.
 
● Já controlam o choro apesar de serem explosivos.
● Gostam de ajudar, são bondosos, mas também são teimosos e medrosas.
 
● Evite histórias que tenham suspense negativo.

3 – PRIMÁRIOS: ( 07 à 09 anos ) 
● São comunicativos, necessitam de companhia respeitam autoridade e são cooperadores. 
● Têm muito “Fogo de Palha”.
 
● Não espere muito por eles.
● Ensine obediência através de sugestões com amor, e nunca dando ordens.
● Ensine o valor de competir, incentivando-os cooperando para o bom andamento da classe.

4 – JUNIORES: ( 10 à 12 anos )
● Têm boa memória, lêem muito, sentem necessidade de segurança.
● Gostam de organizar grupos do mesmo sexo.
● As meninas pensam mais em namoro, adoram heróis e são perfeccionistas.
● São instáveis emocionalmente, sensíveis ao desprezo, falta de amor ou hipocrisia.
● Promova passeios para a classe, ajude-os na formação de bons hábitos de leitura.
● Seja amigo constante e sincero
● Evite abraços ou outros gestos pois eles não gostam.
● Ame-os com o coração e não com gestos carinhosos.

5 – ADOLESCENTES: ( 13 à 16 anos )
● Estão sempre em busca de novidades.
● Muitos curiosos quanto a sexo e drogas.
● Querem ser adultos, independentemente e pertencer a comunidade.
● Fica encabulado com facilidade e têm consciência de seus problemas.
● Têm interesse pelo sexo oposto, mas seus sentimentos são inconstantes.
● Providencie preletores cristãos para falar sobre sexo e drogas.
● Conduza seus pensamentos em direção a Cristo.
● Providencie reuniões Sociais Mistas.
 
III – A CRIANÇA ESPIRITUALMENTE:
 
1 – BERÇÁRIO: ( zero à 3 anos )
● Têm sede de conhecer a Deus vivo e atuante. 
● Têm a capacidade para entender e experimentar o amor de Deus, ouvidos, vendo e experimentando.
● Gostam de orar e dizer palavras simples para Deus, agradecendo por tudo.
● Tentam cantarolar os corinhos durante a semana.
● Desafina, inventa palavras mas canta com alegria.
 
● Gostam de ouvir sobre a criação ensinar-lhe que Deus criou o seu corpo.
● Evite expressões abstratas porque elas levam a sério.

2 – JARDIM DA INFÂNCIA: ( 04 à 06 anos ) 
● Pensa em Deus de um modo pessoal e consegue dar-lhe verdadeiro louvor.
● Ensine-a a orar de maneira pessoal com o senhor.
 
● Diga-lhe muitas vezes que Deus odeia o pecado.
 
● Tem curiosidade sobre a morte.
 
● Acredita nos adultos e está pronta a ouvir de Cristo.
● É a época propícia para apelo.

3 - PRIMÁRIO: ( 07 à 09 anos )
● São impacientes e não gostam de histórias em capítulos que duram muito tempo ou que sejam em seguida.
● Gosta da Escola Dominical e têm fé em Deus.
 
● Já entendem que Cristo as comprou com seu sangue e que pertencem a Jesus, querendo trabalhar para ele.
● Ensina-lhes a pedir a Deus a solução de qualquer problema.
 
● Ajude-os a conhecer Jesus, o melhor amigo.
● Dê-lhes trabalhos práticos. Distribuição de folhetos, ligações telefônicas para amigos não crentes, participação de corais, jograis, teatro e etc...

4 - JUNIORES: ( 10 à 12 anos )
● Reconhecem o pecado como algo que desagrada a Deus e a si mesmo.
● Têm fome de Deus.
● Sua fé é simples e a sua cabeça está cheia de dúvidas sobre a Bíblia.
 
● Gostam de encontrar respostas por si mesmos na Bíblia.
 
● Compreendemos melhor os simbolismos.
 
● Querem Cristo como Salvador e Senhor.
● Explique-lhes o valor do sangue de Cristo.
● “Se confessarmos os nossos pecados , ele é fiel e justo para perdoar os nossos pecados e nos purificar de toda injustiça.” I João 01:09
● Desafie-os a orar, fazendo pedidos específicos e pela resposta de Deus, vão saber a realidade divina e a sua atuação hoje na vida diária.
 
● Ofereça-lhes as ferramentas próprias para descobrir na Bíblia as soluções para seus problemas.
 
● Leve-os aos pés do Senhor e ajude-os a entender a importância de colocar a Cristo como líder de suas vidas.

5 - ADOLESCENTES: ( 13 à 16 anos )
● Estão prontos para salvação. Pode levá-los a Cristo sem receio. 
● Ajude-os no seu crescimento Cristão: valor da oração, hora devocional, estudos Bíblicos, etc.
● Aplique-as verdades Bíblicas à vida de cada aluno, pois eles têm muitas dúvidas sobre o cristianismo.
● Dê-lhes oportunidade para fazerem perguntas e responde sempre apontando princípios Bíblicos.
 
● Treine-os e descubra suas aptidões para trabalhos da igreja.

Minha fonte: Monte Sião


Um grande abraço e bom proveito do assunto.



Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Sugestão de Nomes para Células de Crianças, Pequenos Grupos, Rede Infantil, Cultos.

Monte sua história bíblica, lembrancinhas, diversos, utilizando materiais recicláveis.

Personagens bíblicos para histórias em E.V.A.