21/11/2012

OFICINA: VOZ E UNÇÃO

1-Voz

A Voz é algo de muita importância para a pregação, afinal ela é o instrumento do pregador. Trabalhar e cuidar bem deste instrumento são obrigação de todos nós.
Sabemos quando uma pessoa está bem ou não através do tom de voz, não é?
A pregação também pode tocar um ouvido com eficácia ou não. Falar com uma voz que convença é bom. Se houver unção melhor ainda.

Quanto melhor eu me comunicar, melhor será minha evangelização.

O som sai do aparelho fonador através da passagem de ar nas pregas vocais. Isto significa que impostar a voz é falar sem se esforçar.
Seguem algumas dicas para ajudar nas pregações:

Exercícios vocais:

      Inspirar pelo nariz e soltar pela boca,
      Girar a cabeça de um lado para o outro,
      Bocejar,
      Caretas com língua para fora,
      Relaxar estalar a boca ( brrrrr), estalar a língua (trrrrrr)(10X),
      Aquecer assoprando os lábios ( Sssssssss,sss...sss...sss) ,
      Som da mastigação com a boca fechada (hum,hum),
      Estalar a língua abrindo bem a boca.

Cuidados com higiene vocal:

O que posso fazer?

      Beber bastante água em temperatura ambiente, comer alimentos leves (maçã, frutas e legumes), espreguiçar-se,  fazer exercícios vocais, fazer exercícios físicos regularmente.

O que não posso fazer?

      Começar a palestra batendo no microfone, pigarrear (rum, rum), tossir em excesso (alergias , assim como rouquidão freqüente devem ser tratadas com médicos), sialorréia (falar cuspindo), vestuário inadequado, álcool, fumo, água muito gelada (contrai a prega vocal, causando pigarros), água muito quente (dilata os vasos).

O que prejudica a voz?

      Bebidas gasosas: favorecem a flatulência (pum) e o “arroto”, gengibre irrita a prega vocal, própolis anestesia a região da laringe, bala “Halls” e cravo anestesiam toda laringe, gritar demais, raspar a garganta (rum... rum...), falar até acabar o ar, postura inadequada, automedicação e chás das comadres.

Devemos ler ou proclamar a Palavra de Deus, da melhor forma possível.
Quais são os impedimentos?

  1. Trocas de letras, gagueira, voz nasalizada (pelo nariz),
  2. Distúrbio dentário e de articulação de mandíbula,
  3.  Respiração inadequada,
  4. Ritmo de fala inadequado ,
  5.  Entonação inadequada (exagerada ou sem enfase) ,
  6. Volume e qualidade do som e dos microfones ,
  7. Falta de estudo prévio ,
  8. Insegurança ,
  9. Vestimenta inadequada (apertado principalmente na cintura pescoço e pés)
  10. Medo

2-Unção

At 2,1-41” Em sua primeira pregação, Pedro lidera seus companheiros na Pregação de Pentecostes e converte milhares de pessoas.Ele estava repleto do Espírito Santo. “

Efeitos da unção na voz e na fala:

ü  Oratória ardorosa
ü  Transformação da fala em pregação
ü  Usar todos os conhecimentos na unção
ü  Usar os dons e os frutos do Espírito Santo: ternura, afabilidade, temperança, coragem.

O que faz perder a unção:

      Preocupações ,desamor, falta de perdão ,afastamento da vida de oração,insensibilidade as coisas e bens espirituais, dureza de coração, falta de santidade ,ira .

A Unção é o selo da voz na pregação ,na música,na liturgia.Pregação sem unção é corpo sem vida.

Para aprofundar-se mais sugerimos algumas leituras:
 1-Pregação e Ensino Inspirados - Metodologia com poder do Espírito Santo
Autores: Dercides  Pires da Silva e Eli Donizeti Zago
 2-RCC Responde 9 - Ministério de Pregação
Autores: Lázaro Praxedes de Oliveira (Org.)
 3-Pregação Fundamentos - Metodologia com poder do Espírito Santo
Autor: Dercides Pires da Silva



 Autor: Dercides Pires da Silva


*Oficina preparada por: Juliene H. Vogelzang Dias, casada, mãe de um casal de filhos. Vocalista do Grupo Agnus Dei/Santos-SP.Participante do Grupo de Oração Bom Pastor,Capela Bom Pastor.Fonoaudióloga, Pedagoga, Psicopedagoga e Especialista em Educação Especial e Inclusiva.
Contatos: julienehvdias@hotmail.com ou tels (13)33214364 cel.(13)97620996.

Extraído de: O Blog do Pregador
Share:
Postar um comentário